Debate do Síndico: Quais os maiores erros na hora da DESTITUIÇÃO DE UM SÍNDICO?

O café com síndico profissional BRBRASIS discute REELEIÇÃO e ELEIÇÃO DO SÍNDICO, mas tem um tema que é muito recorrente nos debates: A DESTITUIÇÃO e  a RENÚNCIA no condomínio. 

Vamos mergulhar neste debate da saída do síndico e discutir os principais erros que ocorrem quando os moradores decidem tirar o síndico, porém, cometem falhas e até injustiças. (Em alguns casos é o necessário.)

  • Vamos lá? Não esqueça de deixar seu comentário e sua pergunta sobre o tema. 
Abrimos o debate no INSTAGRAM @palestranteeliantonelli e no fórum do @clubesindicoprofissional. 

Afinal, quais são os MAIORES ERROS NA HORA DE DESTITUIÇÃO DE UM SÍNDICO?

Opinião Síndico Profissional Adjalma Orsi (Sorocaba) Erro - É necessário uma revisão do CÓDIGO CIVIL e da lei 4591. Necessário uma nova redação, principalmente relacionada a procuração.  "Vamos trazer para a eleição convencional jamais você vê pessoas votando por procuração, isso aconteceu no passado quando as eleições não eram secretas os eleitores eram pressionados a votar em determinado candidato. As vezes são pessoas humildes ou idosos sendo enganados , por aqueles que não querem perder o condomínio. O voto deveria ser secreto e os candidatos a síndicos as candidatura se encerrar dois dias antes da eleição."

Opinião Advogada Capeletti (São Paulo) Erro: Um grande erro é não dar oportunidade para o síndico se defender, nos ditames da Cf (Contraditório e ampla defesa).Erro 2: Permitir que LOCATÁRIOS sem procuração façam a destituição. Presenciei esta situação em condomínio de Moema! Isso é um erro Gravíssimo. 

Telma Falcão de Carvalho: Erro em não respeitar o quórum. 

Opinião Denise Casado: (Administradora GESTÃO EXCELENTE)  
O que diz a Lei? "Art. 1.349. A assembleia, especialmente convocada para o fim estabelecido no § 2o do artigo antecedente, poderá, pelo voto da maioria absoluta de seus membros, destituir o síndico que praticar irregularidades, não prestar contas, ou não administrar convenientemente o condomínio." São precisos 1/4 dos Condôminos para convocar - um dos erros mais cometidos, coletar assinaturas de inadimplentes - e maioria absoluta (50% + 1) dos presentes para destituir. Mas é preciso que haja um dos motivos elencados na Lei para legitimar a convocação. Os maiores erros: coletar assinaturas antes de consultar documentos, o próprio síndico e a administradora, se houver uma contratada. É perigoso acusar alguém de praticar irregularidades, não prestar contas, ou não administrar convenientemente o condomínio sem certeza, portanto a falta de informações claras e precisas é, também, um grande erro. Acho sempre que o caminho da conversa é um bom começo. O Síndico honesto, prestará informações e renunciará se for decisão da maioria. Iniciar um processo de destituição sem bases solidas, criará maiores problemas do que a própria destituição.


Deixe abaixo sua opinião sobre o tema: Quais ERROS você já viu serem cometidos em DESTITUIÇÃO DO SÍNDICO?
Qual orientação você daria para condomínios que estão pensando nesta situação. Quais erros devem ser EVITADOS?

Eli Antonelli é professora de Desenvolvimento Avançado de Síndicos Profissionais de Alto Desempenho. Desenvolve o Curso ONLINE EXCLUSIVE SÍNDICO PROFISSIONAL. Siga no instagram https://www.instagram.com/palestranteeliantonelli/

Se você preferir trocar informações com os nossos advogados pode escrever para palestranteeliantonelli@gmail.com que iremos repassar.

Postar um comentário

0 Comentários